with Nenhum comentário

Certamente uma das orientações que mais ouvidos desde criança está relacionada com a higiene das mãos – lavar as mãos antes de comer um alimento, depois de ir ao banheiro, ao tocar em algum animal, etc. Embora essa seja uma ação tão rápida, nem sempre tem sido posta em prática. Conforme o Centro de Prevenção e Controle de Doenças, dos Estados Unidos (CDC, sigla em inglês), lavar as mãos corretamente pode reduzir em até 50% os surtos de doenças transmitidas por alimentos.

Uma das justificativas para o descuido com a higiene das mãos pode ser o fato dos vírus, bactérias e fungos não serem visíveis a olho nu. Porém, mesmo não aparentes, eles estão presentes e fazem com que ações corriqueiras como coçar o nariz, a boca e os olhos tenham consequências. Entre as principais complicações estão gripe, diarreia, resfriado, conjuntivite, hepatite, infecções respiratórias e erupções na pele.

DICA: água e sabão formam a combinação mais eficiente para higiene das mãos. Porém, se os itens não estiverem à disposição, use álcool em gel com pelo menos 60% de álcool.

Fonte: Blog Viver Bem – Comportamento

Deixe uma resposta