with 1 comentário

A nossa manhã de sábado (26/09) foi repleta de verdades absolutas sobre aspectos que classificam um bom e um mal atendimento. A fonoaudióloga Mirieli Colombo não mandou o recado por ninguém, ela simplesmente colocou em pratos limpos as falhas que podem acontecer para que o atendimento aos clientes seja negativo. Mas sobretudo apontou sugestões para melhorar a vida das secretárias e fazer com que trabalho seja eficaz e divertido.

Mirieli Colombo convidou as secretárias a pensarem sobre o que elas admiram em um bom atendimento, sobre quais são os maiores pecados em um atendimento, sobre quais são os rótulos positivos e rótulos negativos de uma pessoa e principalmente pediu que cada uma realizasse uma análise muito pessoal sobre que nota daria a si mesma para o atendimento que realiza no consultório.

As secretárias discutiram sobre as atitudes que fazem a diferença em um atendimento como acolhimento, bom humor, simpatia, atenção, comunicação clara, flexibilidade, gentileza, amor pelo que faz e escuta verdadeira. Falamos também sobre falas que motivam a continuar uma conversa como: “admito meu erro”, “me desculpe”, “muito obrigada”, “bom dia”, “boa tarde” e palavras que fecham a continuação de uma conversa como: “O senhor não entendeu direito”, “a culpa não foi minha” e “eu não posso fazer nada”.

Além disso, a palestrante apontou os pecados cometidos no atendimento como a falta de orientação ao paciente, demorar para atender o telefone, não falar claramente e pausadamente, não cumprimentar, mostrar má vontade, perder a paciência, não levantar da sua cadeira, usar um tom ríspido, tratar a pessoa como “mais um”, deixar o cliente esperando sem ao menos olhar para ele, colocar a culpa no seu superior e ainda dizer: “a culpa não é minha”, conversar sobre a sua vida pessoal, não mostrar interesse pelo que o paciente está contando, usar de ironia, descaso, indiferença, ficar atento à internet e esquecer que você está nesse lugar para prestar atendimento.

“Um trabalho bem feito energiza a gente”, disse a fonoaudióloga que terminou a palestra mostrando que a eficácia do nosso trabalho torna o dia melhor e mais fácil. Basta prestarmos atenção nesses pequenos detalhes que foram apresentados e deixar com que a motivação de dar o nosso melhor beneficie nossas vidas de maneira profissional e particular.

Veja abaixo as fotos do evento.


Uma resposta

  1. Marinês Cemin
    | Responder

    sempre aprendemos um algo a mais para o nosso dia a dia e algumas dicas nos fazem pensar quem realmente somos no consultorio;
    muito boa a palestra……

Deixe uma resposta