with Nenhum comentário
As proteínas são fundamentais para a construção e reparação dos órgãos e tecidos do corpo. Conforme o Ministério da Saúde, entre as fontes de proteínas mais frequentemente consumidas no Brasil estão as carnes de gado e de porco, assim como outras carnes vermelhas. Porém, essas opções “tendem a ser ricas em gorduras em geral e, em especial, em gorduras saturadas, que, quando consumidas em excesso, aumentam o risco de doenças do coração e de várias outras doenças crônicas”.
A boa notícia é que os peixes, assim como o leite e derivados, são excelentes substitutos para as carnes vermelhas. Tanto os peixes de rio como os de mar são benéficos à saúde. O Guia Alimentar para a População Brasileira, do Ministério da Saúde, recomenda o consumo de peixe utilizando diversas formas de preparo – assado, grelhado, ensopado ou cozido. Os pescados também servem como ingrediente da receita de pirão, podem ser acrescentados a saladas ou servir como recheio de tortas.

Motivos para incluir peixe na dieta

• Ajuda na prevenção de doenças cardiovasculares;
• Contribui para o controle dos níveis de colesterol;
• É rico em proteína, vitaminas e minerais;
• Possui alta proporção de gorduras saudáveis (gorduras insaturadas);
• Vários tipos de pescado são fontes de ômega 3 (atum, pintado, sardinha, arenque, anchova, tainha, bacalhau e truta);
• O ômega 3 auxilia na manutenção de níveis adequados de triglicerídeos.


Deixe uma resposta