with Nenhum comentário

A Unimed vai alterar o sistema de informática no próximo dia 11 de novembro, atualizando a versão utilizada na cooperativa e nos consultórios. A mudança, que virá com diversas melhorias em nível de sistema, é obrigatória e tem como principais motivadores quatro itens:

1. Reforma Trabalhista, que passa valer no dia 11 de novembro

2. eSocial, que vai vigorar a partir de janeiro e sobre o qual realizaremos uma palestra no dia 21 de novembro, às 20h, no auditório do Hospital Unimed, intitulada “Aposentadoria e eSocial”, ministrada pelo administrador e advogado empresarial Carlos Vilella

3. EFD-Reinf, que, a partir de maio, será uma nova obrigação. Trata-se do último módulo do Sistema Público de Escrituração Digital (um complemento do SPED para Impostos, Segurança Social e Obrigações Trabalhistas (eSocial) que atua no IRFF, PIS, COFINS, CSLL e Contribuição para a Segurança Social)

4. Legislação regulatória do intercâmbio da Unimed do Brasil


A “virada”, como chamamos este tipo de modificação, deve transcorrer normalmente, sem impactos no dia a dia dos consultórios – ainda mais porque, desta vez, o autorizador não terá nenhuma alteração. De qualquer forma, porém, estaremos de sobreaviso, a fim de sanar qualquer problema que porventura surja ao longo deste processo. Nossa precaução inclui o manual de contigência, que poderá ser utilizado nos consultórios caso o sistema fique fora do ar. Estamos trabalhando muito para que você não precise acessá-lo, mas, se for necessário, nele será possível encontrar um passo a passo para driblar os impactos que a ausência de sistema pode trazer. Você pode acessar o manual clicando aqui ou conferir nas imagens abaixo.

Em caso de dúvidas sobre estas orientações, entre em contato com o Espaço Médico previamente, para saber como agir em caso de queda do sistema: espacomedico@unimed-ners.com.br


add content here

Deixe uma resposta