with Nenhum comentário

Na rotina atribulada, nós acabamos não percebendo. Mas nas atividades do dia a dia, gastamos muito mais água do que deveríamos e só nos damos conta disso quando colocamos esse consumo na ponta do lápis, ou quando recebemos a conta no fim do mês. Ou ainda, quando começamos a sofrer com escassez de água – situação iminente a todos, se não fizermos nada para reverter o consumo excessivo desse recurso.



O quanto é possível economizar

Na teoria, todo mundo sabe de uma ou outra atitude que pode ajudar a economizar água em casa ou no trabalho. Mas estamos, de fato, colocando em prática? Saiba a dimensão daquilo que você pode economizar:

  • Se você reduzir seu banho de 20 para 5 minutos, pode economizar até 90 litros de água;
  • Escovar os dentes com a torneira aberta equivale a desperdiçar 12 litros de água. Se mantiver a torneira fechada, você consome menos de 2 litros;
  • Regular o tempo de torneira aberta ao lavar a louça durante 15 minutos pode gerar até 20 litros de economia;
  • Utilizar água no balde para lavar o carro pode fazer você utilizar 40 litros de água, enquanto você gastaria mais de 200 litros se usasse a mangueira um pouco aberta durante 30 minutos.

Outras maneiras de evitar o desperdício de água em casa

Fique atento a vazamentos
Você pode identificar possíveis vazamentos acompanhando variações na conta de água, percebendo manchas de umidade nas paredes e observando se o hidrômetro se altera com as torneiras e registros fechados. Quando identificar um vazamento, providencie o conserto imediatamente.

Economize energia elétrica
Vale lembrar que a maior parte da energia do Brasil é gerada nas usinas hidrelétricas, e o seu potencial está associado à vazão do rio e à quantidade de chuvas. Ao usar eletrodomésticos, eletrônicos e iluminação com consciência, você também estará contribuindo pela economia de recursos hídricos.

Utilize sanitários econômicos
Vasos sanitários que têm caixas de água acopladas gastam menos água nas descargas do que aqueles em que os dispositivos ficam na parede. Válvulas com duplo acionamento também ajudam a economizar água.

Opte por redutores de vazão nas torneiras e chuveiros
Esse equipamento pode reduzir em até 25% o gasto de água nas torneiras.


Reaproveitamento também é alternativa

Muita água que vai para o ralo pode ser reutilizada de outras maneiras, favorecendo o aproveitamento daquilo que consumimos. Confira exemplos:

Água da chuva
É válido estudar a instalação de um sistema de reaproveitamento de águas pluviais em casa. Essa água não é potável, mas pode ser utilizada, por exemplo, no vaso sanitário, na irrigação de jardins e na lavagem de carros e calçadas. Consulte um profissional capacitado para fazer isso da maneira correta.

Água da lavadora de roupas
A economia começa utilizando a máquina menos vezes, na prática, acumulando as roupas para usar a capacidade máxima da lavadora. Depois, ainda é possível aproveitar a água do enxague, por exemplo, para lavar o quintal ou a área de serviço.

Água do chuveiro
O desperdício durante o banho é muito comum, principalmente da água fria que muitas vezes deixamos escorrer ao ligar o chuveiro, até o aquecimento completo. Essa água pode ser captada com um balde e utilizada para regar as plantas ou para limpar o chão da casa.

Água da piscina
Em vez de descartar a água da piscina, é possível transferi-la para uma caixa d’água ou outro reservatório para reaproveitá-la depois nos mesmos fins citados. Se for possível instalar um sistema de filtragem nesse reservatório, a água ainda pode ser utilizada para o enchimento da própria piscina.

Deixe uma resposta